Major fala sobre jovem que desapareceu após fugir da viatura

Teste de Espaço de Anúncio
O major Wesmensandro, comandante da Polícia Militar de Colíder, concedeu ao Nortão Online ontem, sobre alguns assuntos que permeiam o universo policial no município.
O caso do desaparecimento do jovem Adriano Lopes, que completa hoje 11 dias, também foi comentado. “No dia que prendemos ele por suspeita de roubo junto com mais dois delinquentes. Levamos até o quartel para fazer o boletim de ocorrência e tentar localizar o armamento. Fomos até o local onde ele indicaria para recuperação das armas usadas no roubo onde houve cárcere privado de um senhor de 60 anos de idade que foi amarrado”, explicou.
Nesse interim, ele conseguiu foragir da viatura por volta das 19h, perto do sítio onde foi realizado o roubo. Foram feitas diversas rondas de acordo com o Major. “Duas testemunhas viram ele fugindo de dentro da viatura e nossos esforços para tentar capturar, mas não foi localizado”, concluiu o Major.
Posteriormente, familiares realizaram buscas na mata e localizaram alguns rastros mas ele desapareceu e não entrou mais em contato com a família.
“No dia seguinte tivemos informes que houve disparos de tiros na região, mas as pessoas estão amedrontadas. Pedimos que possam confiar na gente se tiverem informações que levem ao paradeiro desse jovem”, destacou.
Ele ressaltou ainda que os policiais militares mantém investigação para descobrir o paradeiro de Adriano, bem como a Polícia Civil também está investigando.

Fonte: Nortão Online

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.