Médica que atropelou homem na Miguel Sutil foi presa em condomínio de alto padrão

Médica que atropelou homem na Miguel Sutil foi presa em condomínio de alto padrão

A médica Letícia Bortolini, 35 anos, responsável por atropelar e matar Francisco Lucio Maia, 48 anos, na noite do último sábado (14), na avenida Miguel Sutil, em frente ao banco Itaú, em Cuiabá, fugiu após o acidente e foi detida pela polícia dentro de sua residência em um condomínio de alto padrão, localizado no bairro Jardim Itália. Uma testemunha a seguiu até o local e acionou as autoridades. Ela passará por audiência de custódia na tarde deste domingo (15).



Segundo as informações da Polícia Judiciária Civil (PJC), após atropelar o homem, a médica fugiu em Jeep Compass, junto com o marido. Porém, uma testemunha conseguiu segui-la até o condomínio onde ela mora, que fica localizado no bairro Jardim Itália. O local é considerado de alto padrão.
 
A vítima foi atropelada enquanto terminava de atravessar a via e tentava subir o carrinho de verdura na calçada. O delegado plantonista não arbitrou fiança e a médica passará por audiência de custódia na tarde deste domingo. Conforme a polícia, ela apresentou sinais de embriaguez, assim como o seu marido, que estava no veículo.
 
O caso
 
Um homem de 48 anos identificado como Francisco Lucio Maia, 48, morreu na noite deste sábado (14), após ser atropelado pela médica Letícia Bortolini, 35, na Avenida Miguel Sutil, região do bairro Cidade Verde, em Cuiabá. Letícia estava em um Jeep Compass, com o marido, e ambos fugiram sem prestar socorro à vítima. Na mesma noite, ela acabou sendo presa e encaminhada ao Cisc Planalto.

Olhar Direto
 Wesley Santiago

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.