Justiça afasta sargento que matou bandido para defender filho e neta

O sargento ficou preso no batalhão aguardando audiência de custódia.

O sargento da Polícia Militar M.R.T., de 43 anos, foi afastado das funções após ter matado um bandido que invadiu sua casa no bairro Nova Esperança 2, em Cuiabá. Na casa estavam esposa, filho e neta do sargento. O militar disse ao Repórter MT que agiu em legítima defesa, para defender sua família.

“Eu estava em casa e minha esposa na piscina com minha neta. Meu filho estava andando de bicicleta quando o bandido pulou. Dei ordem de parada e ele não obedeceu, apontando a arma na direção da minha família”, disse o sargento.
O crime aconteceu na noite de terça-feira (13), quando o bandido estava fugindo da polícia após furtar uma casa duas vezes no mesmo dia.

“Eu estava em casa e minha esposa na piscina com minha neta. Meu filho estava andando de bicicleta quando o bandido pulou. Dei ordem de parada e ele não obedeceu, apontando a arma na direção da minha família”, disse o sargento.

O militar atirou no criminoso, que continuou a fuga e caiu em uma casa em construção. O próprio militar acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que demorou uma hora para chegar ao local. O bandido foi socorrido com vida, porém, morreu ao dar entrada no Pronto-Socorro.

“Primeiro fui levado para Central de Flagrantes como vítima, depois a Delegacia de Homicídios assumiu o caso e o delegado determinou que eu tinha culpa na morte. Fui preso no batalhão no mesmo dia”, afirma o sargento

O militar passou por audiência de custódia na tarde desta quarta-feira (14). Além de ser afastado das funções no 10° Batalhão de Polícia Militar (BPM), o sargento também teve o porte de arma retirado pelo juiz Marcos Faleiros.

“Agi em legítima defesa. O bandido invadiu a minha casa, apontou a arma para mim. Ainda chamei o resgate para ele e ainda assim fui punido pelo crime”, lamenta o sargento.

A Polícia Militar afirmou ao Reporter MT, via assessoria, que a corregedoria da PM acompanha o caso.

Reporter MT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.