SEMA identifica a causa de mortandade de peixes no Rio Teles Pires


Centenas de peixes mortos foram encontrados no rio Teles Pires, nas proximidades da balsa da Indeco e ponte da MT-320, nos municípios Carlinda e Nova Canaã do Norte. O caso foi denunciado por ribeirinhos que entraram em contato com a SEMA para saber o que poderia ter ocorrido, já que estava em pleno período de defeso do peixe (Piracema).

A situação preocupa os pescadores da área, que temem a mortandade de peixes enfraqueça a atividade pesqueira. Uma matéria publicada no Jornal da Cidade a cerca de 15 dias, registrou o fenômeno da mortandade de peixes e em especial da espécie Cachorra (Hydrolycus scomberoides)

Em entrevista Rádio Progresso, Leandro Brauwers, atual chefe da SEMA em Alta Floresta, disse que o órgão esteve nesses pontos realizando o monitoramento e foi identificado de onde estava vindo essa mortandade de peixes e que todas as medidas estão sendo tomadas inclusive a questão de autuações.

Ainda segundo Leandro a SEMA está terminando de fazer o fechamento do laudo que será encaminhando ao Ministério Público e demais órgãos competentes.  “Mas o que importa é que a gente conseguiu localizar o ponto onde estava ocorrendo o início dessa mortandade de peixes que é a usina de Colíder de competência da Copel” frisou Leandro.

Não se sabe ao certo o que causou a morte dos peixes e em especial porque afetou mais as cachorras, mas novos levantamentos feitos esta semana indicam que as mortes pararam. Esta não é a primeira vez que isso acontece nesse trecho do rio, em 2014 uma outra denúncia envolvendo a Usina de Colíder também foi feita por pescadores.


Fonte: Nativa News

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.