Ladrão da modalidade ''homem-aranha'' é preso em Mato Grosso

Teste de Espaço de Anúncio

Suspeito escalava as paredes dos comércios e desligava o sistema de alarme para entrar nos estabelecimentos e furtar bens


Uma ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar de Sapezal (480 km a Noroeste), realizada na quinta-feira (15.02), resultou na prisão em flagrante de um homem envolvido em em tentativa de furto qualificado, na modalidade popularmente conhecida como "homem-aranha". O suspeito, Welington César de Oliveira, já era investigado pela prática de, pelo menos, três furtos em estabelecimentos comerciais da cidade.

Segundo as investigações da Polícia Civil, Welington escalava as paredes dos comércios e desligava o sistema de alarme para entrar nos estabelecimentos e furtar bens de grande valor. Na madrugada de quinta-feira (15), as Polícias Civil e Militar foram acionadas por vigilantes de uma empresa de segurança, que o alarme da agência da Caixa Econômica Federal estava disparado e que havia um homem em cima do telhado.

Imediatamente, os policiais diligenciaram até o local, onde realizaram a prisão em flagrante do suspeito. Na mochila dele, foram encontrados vários apetrechos para escalada, arrombamento e para desligar alarmes. Ele foi conduzido a Delegacia de Sapezal e interrogado, confessou que pretendia furtar uma residência próxima ao banco.

Diante da situação, foi lavrado o flagrante pelo crime de tentativa de furto qualificado, sendo a prisão em flagrante convertida em preventiva. O suspeito ainda responderá em inquérito policial, pelos outros três furtos em estabelecimentos comerciais, pelos quais já era investigado. Um dos comércios furtados é um supermercado vizinho da residência do suspeito.

Em continuidade as diligências, os policiai realizaram buscas na casa do investigado, onde foram encontrados vários objetos novos, alguns ainda na embalagem. Os policiais foram recebidos pela esposa de Welington, que revelou que dias atrás, o marido chegou em casa com R$ 6 mil e disse a ela que o dinheiro era de uma rescisão trabalhista, mas que ela desconfiava ser produto de crime.

Em consulta em sistema, foi constatado que o suspeito possui diversas passagens pelos crimes de furto qualificado em várias cidades de Mato Grosso, como Nova Mutum, Campos de Júlio, Comodoro, Lucas do Rio Verde e Campo Novo do Parecis.



24 Horas News




Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.