Jovem de VG executada com 29 tiros pode ter sido morta por engano

Teste de Espaço de Anúncio
Amanda morou durante muitos anos em Várzea Grande e era estudante do Instituto Várzea-Grandense de Educação (IVE).
O casal saía de uma festa na casa de amigos quando, ao entrar no veículo, uma BMW, foi alvejado pelos disparos de armas calibre 40 e 380.
Polícia Judiciária Civil realiza buscas aos assassinos da  jovem Amanda Hoehn Corrello, de 21 anos, e do marido, Patrick Rabello de Souza, de 31 anos, executados com 29 tiros na noite deste sábado (13) em Goiânia (GO). Amanda morou durante muitos anos em Várzea Grande e era estudante do Instituto Várzea-Grandense de Educação (IVE).

O casal saía de uma festa na casa de amigos quando, ao entrar no veículo, uma BMW, foi alvejado pelos disparos de armas calibre 40 e 380. Ambos morreram na hora.

A Polícia Civil investiga a possibilidade de Amanda e Patrick terem sido mortos por engano. Conforme informações de testemunhas, uma outra mulher, que também estava em uma BMW, na mesma festa e com características físicas parecidas com as de Amanda seria o alvo dos assassinos. Ela seria amante de um perigoso traficante que cumpre pena no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Ela também é viúva de um traficante assassinado há cerca de quatro anos.

Imagens de câmeras de segurança da região mostram o momento em que um veículo Saveiro de cor escura passa pela rua paralela da casa onde o casal saiu e, em seguida, entrou no carro.

No vídeo divulgado pela Polícia Civil, o motorista da Saveiro seguiu o carro do casal e em seguida efetuou os disparos contra as vítimas. 

O delegado Paulo Ribeiro, da Polícia Civil de Goiás, responsável pelo caso,  investiga se há alguma desavença do casal com alguém, pois eles não tinham passagens criminais.

O tio de Amanda relatou à reportagem da TV Globo de Goiânia que o casal estava junto há três anos, se relacionavam bem e não tinha inimizades.


CAMILA PAULINO

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.