Ex-cantor sertanejo morre ao ser baleado por PM, após tentar matar esposa e amante

Arma apreendida com ex-cantor
Arma apreendida com ex-cantor
O ex cantor sertanejo Weliton Pereira Quebin, de 26 anos morreu ao ser atingido por um tiro disparado pela Força Tática de Várzea Grande, após apontar uma arma de fogo para os militares em um terreno baldio localizado no bairro Jardim Ouro Verde na noite deste sábado (20). De acordo com a PM, o rapaz havia acabado de agredir e ameaçar de morte a sua esposa e o amante dela.


No boletim de ocorrência n° 2018.22981 é relatado que Weliton, acompanhado de outros três amigos estavam bebendo cerveja em um bar, quando ele descobriu que sua esposa o estava traindo com outro homem.

Irritado, o rapaz saiu em motos com os três amigos atrás da esposa, a encontrando em um carro com o suposto amante e um amigo dele ainda na região. As três vítimas foram agredidas e ameaçadas de morte com uma pistola. Antes de fugirem, os agressores ainda quebraram o para-brisa do veículo.

As vítimas acionaram a Polícia Militar e equipes da Força Tática saíram a procura dos suspeitos na região, localizando apenas Anderson Fernandes do Nascimento, que foi detido e o ex-cantor sertanejo Weliton, que segundo os militares apontou a pistola para a equipe e foi baleado no tórax.

O rapaz ainda chegou a ser socorrido por uma equipe médica, mas não resistiu aos ferimentos. O seu amigo Anderson Fernandes foi encaminhado para a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Weliton Pereira estava fazendo o uso de tornozeleira eletrônica e cumpria prisão em regime semiaberto, por ter sido condenado a 12 anos pelo assassinato do jovem Nathan de Souza Zuppo, na época com 28 anos no distrito da Guia, em 2011.


Conforme o processo, o ex-cantor estava namorando uma mulher há quatro meses e, no dia do crime, ao chegar à casa dela, encontrou Nathan de cueca dormindo no sofá. Ele era ex-namorado da mulher e foi esfaqueado até a morte.


Olhar Direto

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.