Acusada de mandar matar jovem a tiros no Bar das Coleguinhas é presa em Sinop


Aparecida Sebin de 36 anos, foi presa por policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) da Polícia Civil, na rua das Primaveras, no centro, ontem à trade. Ela é acusada de ser a mandante do assassinato de Aline Daiane Araújo Senna, de 29 anos, em um bar, no bairro Jardim das Palmeiras, em Guarantã do Norte, em maio do ano passado.

A vítima foi atingida com um tiro no rosto, foi encaminhada ao hospital local em estado grave e precisou ser transferida para uma unidade médica em Cuiabá, mas acabou morrendo após ficar três dias internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O corpo dela foi trasladado e sepultado em Guarantã, onde os familiares residem.

Dois homens, 36 e 23 anos, também foram presos pela Polícia Militar acusados de atirar contra a vítima e um grupo de mulheres que estava no bar. Na época, testemunhas informaram que o primeiro acusado chegou no estabelecimento atirando. Na sequência, subiu em uma Honda Bros pilotada pelo segundo suspeito e fugiram. No entanto, acabaram presos pouco tempo depois.

De acordo com um policial, o segundo suspeito confessou envolvimento e apontou que apenas auxiliou na fuga. Já o outro, negou a participação, mas foi reconhecido pelas vítimas. Na delegacia, eles teriam apontado a mulher com mandante do crime. Ela estava foragia desde que ocorreu o homicídio.

Fonte: Só Notícias/Cleber Romero


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.