Psiquiatra é preso suspeito de estuprar criança

Teste de Espaço de Anúncio
DR:EM MINAS GERAIS O caso corre em segredo de justiça
Após 20 dias de investigação, um médico psiquiatra foi preso, nessa quarta-feira (29), suspeito de estuprar uma crise, em Patrocínio, no Alto Paranaíba (MG). O advogado de defesa de Gustavo Magalhães Pinto, 42 anos, Fabrício Oliveira Santos, alegou armação. O caso corre em segredo de justiça.

“Já temos indícios e provas suficientes quanto ao fato. Sobre como ocorreu o abuso, não podemos falar, pois o caso está em segredo de Justiça para preservar a identidade do menor”, disse a delegada Ana Cláudia Pádua Passos, acrescentando que o mandado de prisão foi cumprido na clínica particular dele e o inquérito deve ser encerrado em dez dias.

Armação

Nesta quinta-feira (30), Santos afirmou que a o episódio foi armado pela ex-esposa do suspeito. A mulher seria próxima da vítima, de acordo com o advogado. Há dois meses, o homem pediu o divórcio e a ex não aceitou acordo.

O advogado ainda disse que a ex-esposa também agrediu Gustavo e, na data, falou que “iria acabar com a carreira dela na cidade com uma denúncia de pedofilia”. Ele acrescentou que, nas mensagens, registradas agora em cartório, ela fala que se não o fizesse suicidar ia colocá-lo na cadeia.


Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.