Prematuro vai parar na UTI após enfermeira injetar leite materno na veia da criança

Teste de Espaço de Anúncio
Hospital informou que afastou profissional e vai apurar o caso.


Um prematuro de 71 dias foi parar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após uma técnica em enfermagem da Santa Casa de Campo Grande injetar leite materno na veia do bebê. Segundo a família, antes do episódio, a criança estava na unidade intermediária.

O hospital informou que afastou a profissional e abriu uma sindicância para apurar o que aconteceu. O resultado deve sair em uma semana. "Ele está reagindo bem. Mas a gente precisa completar o tempo de tratamento. Ele já tem uma melhora em termos de exames laboratoriais e clínica", afirmou Walter Lopes, coordenador infantil da Santa Casa.

A família registrou boletim de ocorrência na polícia e disse que na quinta-feira (16), os médicos precisaram fazer uma punção no coração da criança, de onde retiraram 12 ml de leite. A Santa Casa negou que o procedimento tenha acontecido. O hospital afirma que, o que realmente aconteceu, foi uma complicação no acesso por onde ele recebe medicamentos.

"A respeito desse erro, infelizmente ia cuidar a vida do meu filho. Começa a doer e eu me apavoro por lembrança. Eu estava esperando a alta do meu filho. Eu estava contando vinte dias pra gente ir embora, e não pra eu ficar mais vinte dias no hospital. Quatorze dias é só antibiótico”, desabafou a mãe Jaqueline Pereira de Moura.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.