Polícia Civil divulga carta de apoio ao investigador baleado em sequestro

Polícia Civil divulga carta de apoio ao investigador baleado em sequestro
Divulgação PJC: Os policiais que trabalharam na libertação da vitima, Milena Falcão Eubank, rezam pela vida de colega atingido durante o cerco aos sequestradores.
Ontem no período da tarde, na Capital dos 300 anos, as redes sociais se mobilizam para noticiar um Crime, que inicialmente seria tipificado como Roubo e se transformou em Sequestro. Todo o aparato policial da região metropolitana foi acionado, as polícias Civil e Militar focaram todos os recursos para essa ocorrência. A Polícia Civil numa intervenção rápida, através do Grupo de Combate ao Crime Organizado - GCCO e a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos - DERFVA estourou o cativeiro por volta das 03:00 horas desta madrugada resgatando às vítimas.

Tudo seria motivo para comemorações se durante a Operação Policial o Investigador de Polícia Sidney, lotado na DERFVA, não tivesse sido alvejado na face por um dos “suspeitos” (antigamente conhecido por vagabundo pela sociedade). Agora a família Polícia Civil sofre silenciosamente a dor de mais um dos seus filhos, que neste momento trava mais uma batalha, agora no centro cirúrgico do PSM de Cuiabá, para sobreviver.

Muitos não conseguem entender o que nos motiva a continuar na Polícia, a sair de casa todos os dias (mesmo que sem salário) com um único propósito SERVIR e PROTEGER. Sempre que o medo se aproxima das pessoas, elas sempre lembram de Deus e da Polícia; nós policiais só podemos lembrar de Deus.

Uma sociedade regida por Leis que dispensam comentários, um sistema de justiça criminal refém desta legislação, para onde ir. Até quando vamos ficar calados, até quando vamos assistir a essa guerra particular, penso que 2018 é um ótimo ano para começarmos a mudar esse cenário.

Enquanto pensamos em 2018, vamos Orar pelo IPC Sidney e sua família.


Marcos Veloso -Delegado de Polícia.
 Circuito Mato Grosso 

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.