PM prende e apresenta vítima como sendo um dos foragidos da Mata Grande

Vítima foi apresentada como fugitivo à imprensa em erro policial. Foto 
Um erro grotesco foi realizado por policiais militares, nesta madrugada de sexta-feira (1), em uma operação em Rondonópolis e região que conseguiu capturar, segundo divulgado inicialmente, cinco dos 26 foragidos da Penitenciária Mata Grande.

Ocorre que um dos cinco detidos, que chegaram a ser apresentados para a imprensa, era uma vítima sequestrada pelos outros quatro em Primavera do Leste. Encontrados por uma guarnição policial em atitude suspeita, já em Rondonópolis, os cinco reagiram e resistiram a abordagem policial. Segundo informações colhidas pela reportagem, a ação dos agentes de segurança precisou ser enérgica para conter os envolvidos, e a vítima acabou levando um ou outro tapa, não teve chance de se explicar e foi encaminhada para o camburão.

Ainda pela madrugada, ao deixarem a Mata Grande, os quatro conseguiram um veículo – não se sabe se fruto de roubo, furto ou mesmo cedido pelo grupo que explodiu a dinamite -, e foram até a cidade de Primavera do Leste.

Na localidade, invadiram uma residência no Bairro Lageadinho e realizaram um roubo, fazendo refém um rapaz de 25 anos. Ao sair da casa, resolveram levar a vítima e, assim, sequestrá-la, trazendo-a para Rondonópolis. Mais tarde, acabaram sendo surpreendidos por uma ação policial e novamente detidos. Somente após checagem dos dados dos 24 fugitivos, com o inocente já preso e apresentado como criminoso à imprensa, é que notou-se que algo estava errado.


No fim desta tarde, o rapaz foi solto e sua família já o aguardava, revoltada, em frente a 1ª Delegacia, o Centro Integrado de Segurança e Cidadania – Cisc. Os quatro suspeitos de participarem do ato da explosão também foram detidos. Seguem operações em busca dos outros 22 foragidos.



Ronaldo Teixeira/AgoraMT


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.