Notícias Gerais

Paciente morre após ser atendido 11 vezes por 5 médicos e ser 'enxotado' por hospital

Notícias Relacionadas

Mãe relata negligência de equipe médica da Santa Casa de Guará além de transporte precário de ambulância. Vítima de 34 anos morreu com broncopneumonia.
A família de um paciente de 34 anos que morreu no início de novembro por broncopneumonia e edema agudo pulmonar acusa a Santa Casa de Guará (SP) de negligência médica.


Segundo a denúncia, Junio César Pinheiro Carrion somente foi diagnosticado com a doença na última das 11 consultas feitas com cinco médicos diferentes na cidade, além de ter sido levado em condições precárias, sem aviso prévio e sem médico, para a Santa Casa de São Joaquim da Barra (SP), onde morreu.


"Quando achei que o meu filho estava internado, nós entramos pela porta da frente e saímos jogados, enxotados pela porta do fundo da Santa Casa. Não sei como isso pode acontecer", afirma a mãe do paciente, Dalva Pinheiro Carrion.


A Santa Casa de Joaquim da Barra confirmou que o paciente foi encaminhado em condições impróprias e que o paciente morreu, apesar dos procedimentos de emergência tomados pela equipe. A equipe registrou um boletim de ocorrência por morte natural na Polícia Civil.


O corpo, segundo o hospital, foi encaminhado para o serviço de verificação de óbito (SVO), em Ribeirão Preto (SP), para a confirmação das causas da morte.

Advogado da Santa Casa de Guará, Luciano Gimenez informou que o hospital registrou um boletim de ocorrência em que um médico da unidade alega não ter autorizado a remoção do paciente para São Joaquim da Barra. Além disso, confirma que foi aberta uma sindicância interna sobre o atendimento dado ao paciente.

Negligência médica


De acordo com a família, Junio Carrion procurou a Santa Casa de Guará por 11 vezes e passou por cinco médicos diferentes desde que começou a passar mal em 20 de setembro até 3 de novembro, quando teve uma parada cardiorrespiratória e morreu em função de uma pneumonia nos dois dois pulmões, segundo o atestado de óbito.


Na maioria das vezes, segundo a empregada doméstica Dalva Carrion, o filho tomava um soro e era liberado. Ela conta que a situação se repetiu até as penúltimas consultas, entre 30 de outubro e 2 de novembro.


"Na segunda-feira [30] eu levei ele novamente para tomar soro, porque ele estava muito fraco, vomitando. Na terça-feira [31] ele passou mais ou menos bem. Na quarta-feira [1], eu levei novamente pra tomar soro. Na quinta-feira [2] eu levei novamente e pedi para o doutor Dante para ele dar um encaminhamento, para levar a outro lugar. Ele disse que a Santa Casa de Guará estava aberta apenas para urgência e emergência e não para encaminhamento. Terminou o soro e nos mandaram embora", relata.

Em 3 de novembro, ela conta que novamente levou o filho ao hospital, mas dessa vez o rapaz teve que ser internado.

Dalva afirma que deixou temporariamente a unidade para buscar alimentos para o filho e, ao voltar, soube de última hora que o paciente seria transferido às pressas. Na correria, ela conta que funcionários da equipe médica chegaram a informar que o caso do paciente era neurológico e que o atendimento gratuito era indisponível na cidade.


"Falaram para eu vir em casa buscar alguns alimentos e quando eu voltei eu até assustei, porque até a maca da ambulância estava lá. Falaram pra mim que eu tinha que levar ele urgente para Ituverava ou São Joaquim, porque o caso dele era neurológico, que eu tinha que pagar uma consulta com um neurologista."


Ela conta que, depois de sugerir que o filho fosse levado para São Joaquim da Barra, o paciente foi colocado em uma ambulância precária, sem acompanhamento médico. "A ambulância não tinha nem ventilador, era muito velha, não tinha UTI, nenhum médico nos acompanhou", diz.

A empregada doméstica relata que as condições do filho pioraram durante a viagem e que, na chegada ao hospital, teve que pedir socorro por conta própria à Santa Casa, por falta de suporte da equipe de Guará.


"No meio do caminho, ele teve uma parada respiratória, mas voltou. Quando entramos no hospital, ele teve novamente uma parada. Quando chegamos em São Joaquim ele estava quase sem vida, eu que desci da ambulância e pedi socorro. Tiraram ele da ambulância e colocaram na sala de urgência. A ambulância foi embora, quase que fugida, não prestou nenhum socorro."

Santa Casa de São Joaquim da Barra


Em nota, a Santa Casa de Joaquim da Barra informou que atendeu Junio Carrion em 3 de novembro às 13h30, depois que o paciente chegou ao hospital de maneira inadequada.


"O paciente deu entrada nessa unidade através de procedimento em desacordo aos protocolos médicos e de transporte/encaminhamento preconizados pelos órgãos competentes", alegou.


Segundo a unidade, o paciente não tinha encaminhamento formal, aviso prévio nem acompanhamento médico

.
Instável e com problemas de respiração, Carrion foi atendimento em caráter de emergência, mas não resistiu e morreu às 14h, informou o hospital.
"O corpo foi encaminhado para o serviço de verificação de óbito em Ribeirão Preto (SVO) para esclarecimento da causa da morte."
Santa Casa de Guará


Procurada pela EPTV, afiliada da Rede Globo, a provedora da Santa Casa de Guará chegou a marcar uma entrevista com a reportagem nesta segunda-feira (13) no município, mas não compareceu.


A reportagem foi recebida pelo advogado do hospital, Luciano Gimenez, que entregou uma cópia de um boletim de ocorrência em que um médico alega que o paciente deixou o hospital sem autorização.



No documento também consta que Carrion foi removido a pedido da família. Gimenez também confirmou que uma sindicância foi aberta e que, até o término do processo, a provedora não vai falar sobre o assunto.

G1


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Vidronova vidros e decorações

Vidronova vidros e decorações
Nova Guarita fone: 98467 3121:

XI FESCABG

XI FESCABG
Em Nova Guarita M,T

Agora em Nova Guarita você pode contar com Restaurante e Lanchonete Iza,

Agora em Nova Guarita você pode contar com Restaurante e Lanchonete Iza,
Restaurante e Lanchonete Iza, almoço com self-service, prato feito, prato por peso e todas as noites servindo lanches, pastéis e porções, as sextas feiras, espetinhos, sábado rodízio de caldos, e nos domingos almoço com rodízio de churrasco! Também temos sorveteria ao lado, com barcas de açaí, açaí na tigela e sorvetes em geral. Venha saborear as delicias do mais novo restaurante da Cidade, você não vai se arrepender! Ingredientes selecionados, amor no preparo e ótimo atendimento você só encontra aqui.

salão Studio mulher

salão Studio mulher
Studio mulher salão de beleza sempre cuidando da sua beleza Cortes feminino e masculino, química progressiva definitiva colagem hidratação e cauterização manicure e pé de Curi. E para você gestante ou crianças trabalhamos com a escova orgânica. Venha nos fazer uma visita E também com representação o boticário natura Avon e importados. O salão Studio mulher fica localizado NA Avenida dos migrante cento nº 911 Nova Guarita-MT

Panificadora e Confeitaria Doce Mania

Panificadora e Confeitaria Doce Mania
Quem conhece não discute. A Panificadora e Confeitaria Doce Mania é a melhor para sua clientela. Café da manhã, pães, bolos, doces, pizza pronta de vários sabores, todos os dias. Seja qual for o seu apetite, a padaria e confeitaria Doce Mania sempre tem algo para satisfazê-lo. Avenida dos migrantes centro Nova Guarita. Telefone: 66 3574 1141

TRIBOS BARTENDER

TRIBOS  BARTENDER
Leve um diferencial para sua festa de casamento, aniversário, formatura, debutante, eventos em geral surpreenda seus convidados com coquetéis e drinks diferenciados.

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT
Entre em contato conosco e faça o seu orçamento, nosso lema é alicerçar sonhos e construir realidade. Não deixe pra depois, ligue agora mesmo (66)9624-0718 ou 8425-0106, nós temos os melhores produtos e serviços que você precisa para a sua obra

Jaykison S. Oliveira

Jaykison S. Oliveira
Agora você pode contar Jaykison S. Oliveira Contabilidade & informática: Travessa dos Parecis, 85, Setor Norte, Centro, Colider/MT Tel.: (66) 3541-468. Cel..: (66) 9614-9776 “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”Chico Xavier

SILKA ATESANATO DE CONCRETO

SILKA ATESANATO DE CONCRETO
Em Nova Guarita, a empresa SILKA ARTEFATOS de CONCRETO, trabalha na Fabricação de produtos de concreto; na SILKA você encontra Ofertas incríveis de Vaso para flores, Tanque De Lavar Roupa. Cochos de confinamentos para gado, comedouros e bebedouros para animais, postes padrão de energia e redes de rebaixamento, tubos de metro, de 60, 40 cm, palanques, e postinhos de cimento para cerca, calçada sextavada de várias formas e tamanhos, também prestação serviços com munck... Venha para a Silka, garantimos os melhores preços da região nos faça uma visita e traga o seu orçamento; O endereço fica na Rua das Orquídeas em Nova Guarita MT. FONE: 66 8433-8278- 9691-9728.

CONTAL CONTABILIDADE

CONTAL CONTABILIDADE
Escrita Contábil, Fiscal e Trabalhista de empresas. Escrita Fiscal para Produtor Rural. Contratos e Declarações Fiscais. Contabilidade em Geral. Fone (66) 3574 1204/ 8412 3230

Bom negocio vende-se uma Moto Kasinski

Bom negocio vende-se uma Moto  Kasinski
Vende-se uma Moto Kasinski 250 CL GPR Original 13000 mil km. Ano 2011 modelo 2011 ligar para falar com Paulo Dill de morais na oficina JP Avenida dos migrante em frente a paróquia santo Antonio Nova Guarita MT Fone 66 84292984 / 66 96643103/6684358757

Faz Facil

Faz Facil
Avenida dos Migrantes centro Nova Guarita MT
Construtora Santo
Construtora Santo
Century
Century
Mecânica
Mecânica
Copyright © NG - Notícias de Nova Guarita
Nova Guarita - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização

Tenha um site!