Natural de Terra Nova do Norte-MT Diogo Barbosa troca Cruzeiro pelo Palmeiras


“Eu decidi assim porque queria buscar novos objetivos e o Palmeiras me proporciona tudo isso que eu idealizei”, justifica o lateral, de 25 anos e natural de Terra Nova do Norte, em Mato Grosso.
Extremamente animado. Foi essa a impressão deixada por Diogo Barbosa durante toda a entrevista ao Blog, por telefone, para falar sobre sua mudança para o Palmeiras a partir de 2018. O lateral-esquerdo, contratado por 4 milhões de euros, atendeu em meio a suas férias e admitiu ansiedade pela estreia com sua nova camisa. "Estou muito feliz e empolgado, contando as horas para me apresentar", admite.

Trocar o Cruzeiro, atual campeão da Copa do Brasil, pelo Palmeiras tem explicação. "Foi uma escolha minha. Eu decidi assim porque queria buscar novos objetivos e o Palmeiras me proporciona tudo isso que eu idealizei", justifica o lateral, de 25 anos e natural de Terra Nova do Norte, em Mato Grosso.

Entre as metas citadas, uma é chegar à seleção brasileira. "Sei que vai depender do meu desempenho ao longo do ano. Se eu tiver regularidade, jogando com a camisa do Palmeiras minha chance de ser convocado cresce."

Diogo Barbosa vem de duas temporadas consistentes, por Botafogo e Cruzeiro. Nos dois clubes, ele tinha propostas para continuar. "A passagem pelo Cruzeiro foi muito boa. Consegui ser campeão, fui bastante feliz durante todo o ano e vou levar ótimas lembranças de tudo", explica. "Mas achei que chegou a hora de mudar."

Empresário do lateral, Edson Favarin também não tem do que reclamar da atual diretoria cruzeirense. "Seu Gilvan (Tavares), Bruno Vicintim e Klauss Câmara sempre nos trataram muito bem, com a maior ética e respeito", ressalta.

"Eu só não gostei da forma como a nova diretoria tocou a possibilidade de permanência do Diogo." A reclamação se deve ao fato de Itair Machado, novo homem forte do futebol da Raposa, ter procurado diretamente o jogador. E de uma maneira acima do tom. "Eles o abordaram de uma forma nada elegante, com grosseria. E ainda conversaram primeiro com o jogador para depois me procurar. Só se esqueceram que um acordo como esse não depende apenas da vontade do atleta."

De qualquer maneira, o Cruzeiro ainda saiu no lucro com a temporada de Diogo Barbosa em BH. Explica-se: o clube teria de pagar 700 mil euros ao Coimbra por 25% dos direitos econômicos que adquiriu em janeiro, mas só havia desembolsado 500 mil euros. Com a venda para o Palmeiras, a Raposa vai recuperar o investimento e ainda ficará com mais 1 milhão de euros, que equivale a R$ 3,8 milhões.

Bem na fita: Os 59 jogos e dois gols com a camisa cruzeirense fizeram com que Diogo Barbosa chamasse a atenção de diversos clubes nas últimas semanas. Antes de bater o martelo com o Verdão, o lateral foi sondado por Ajax, da Holanda, e Atlético de Madrid, da Espanha, além de Flamengo e São Paulo.

Destes, quem formalizou uma proposta foi o Ajax. Porém, os valores eram um pouco inferiores na comparação à oferta do Palmeiras.

Fonte: Yahoo Esportes




Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.