Corpo É achado dentro de carrinho de mercado

Teste de Espaço de Anúncio

Até a manhã desta quinta-feira (16) a vítima, que aparenta ter por volta dos 50 anos, não havia sido identificada.

A vítima foi encontrada com vários ferimentos por moradores da Rua Antônio Maia, no bairro Estuário. Eles acionaram a Polícia Militar depois de notarem que, em meio a dezenas de objetos deixados com o carrinho, uma perna ferida aparecia próximo à grade do veículo. A área precisou ser isolada para evitar a aproximação de curiosos.


Os policiais militares chegaram, confirmaram que ali estava um homem morto há algum tempo, e acionaram a Polícia Civil. Peritos e investigadores verificaram que a vítima estava amarrada com um fio de cobre e possuia, por todo o corpo, perfurações feitas a partir de um objeto cortante que não foi encontrado no local do crime.


O corpo havia sido escondido em meio a pedaços de papelão, garrafas de plástico, um cobertor colorido e até uma pequena árvore de natal. Nenhum morador da rua ouvido pela polícia soube dizer como o carrinho foi deixado ali e quem foi o responsável por levá-lo até o local.



O comando da Polícia Civil determinou que a Delegacia Especializada Antissequestro (Deas) de Santos investigue o caso. Até a manhã desta quinta-feira (16), o homem não havia sido identificado e ainda não existiam informações acerca do provável autor do crime.
GI

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.