Bando é flagrado no rio Teles Pires com armas, animais silvestres e drogas, durante operação

Teste de Espaço de Anúncio
No local foram encontradas armas, munições, animais silvestres abatidos, caixas e substância análoga a maconha.
Um homem de 66 anos foi detido e um menor de 14 anos apreendido ontem, terça-feira (14), no início da tarde após serem flagrados no rio Teles Pires a cerca de 40 quilômetros de Alta Floresta por tráfico, pesca durante período proibido, porte ilegal de arma e por caça de animais silvestres.

De acordo com a PM, a equipe da agência regional de inteligência recebeu a informação de que um grupo de pessoas estava agindo no rio Teles Pires.  As diligências foram desencadeadas no início da manhã, a PM conseguiu localizar o ponto onde agia o bando de aproximadamente seis pessoas. No momento da abordagem, não havia ninguém na flutuante, porém subindo o rio, encontraram uma embarcação, porém sem nenhum ocupante, porém foi encontrado um acampamento.

 No local foram encontradas armas, munições, animais silvestres abatidos, caixas e substância análoga a maconha. Conforme a PM, dois foram abordados no local, outros 4 fugiram com a aproximação da embarcação da Polícia Militar, todos inclusive estariam armados, um deles com um fuzil 7.62.

Na flutuante usada pelo grupo foram encontrados restos de substância análoga a pasta base de cocaína, balança, fitas adesivas, prensa profissional, caracterizando que o local era usado para preparo e embalagem de entorpecente.


 Conforme a PM, no local também foram encontrados produtos de origem duvidosa, como gerador de energia e ferramentas. A equipe de investigação também apurou que a propriedade usada como caminho para chegar ao rio é de propriedade de um dos suspeitos.  O material foi recolhido, bem como um veículo Strada, branco, com placas de Sinop. Os suspeitos foram conduzidos a delegacia.


Noticia Exata

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.