Motorista de ônibus escolar é preso suspeito de estuprar aluna de 8 anos durante o trajeto em MT

Ônibus público da sociedade mato-grossense
Ônibus público da sociedade mato-grossense
Mãe estranhou comportamento da filha e descobriu que a menina sofria abusos
Um motorista de um ônibus escolar foi preso nessa quinta-feira (19) suspeito de ter abusado sexualmente de uma aluna, de 8 anos, na zona rural de Barra do Bugres, a 498 km de Sinop. De acordo com a Polícia Civil, a mãe da vítima estranhou o comportamento dela e descobriu que a menina estava sofrendo abusos. O motorista, de 68 anos, ficou em silêncio ao ser interrogado na delegacia.

Segundo a Polícia Civil, o motorista teve prisão temporária decretada pela Justiça de Mato Grosso. O suspeito é motorista de ônibus escolar no Distrito de Nova Fernandópolis, em Barra do Bugres, região onde a menina mora e estuda. A criança fazia o trajeto acompanhada do irmão, também de pouca idade.

O delegado da Polícia Civil, João Paulo Praisner, explicou que os abusos ocorriam durante o trajeto entre a escola e a fazenda onde a criança mora com familiares. A criança relatou ter sido abusada sexualmente por diversas vezes e ainda disse que o suspeito a ameaçava caso comentasse os abusos com familiares.

“A mãe compareceu na delegacia estranhando o comportamento da filha. Ela começou a questionar e a vítima acabou relatando que o motorista, por diversas vezes, abusava dela. Ela e o irmão eram os últimos a serem deixados pelo motorista. Os abusos ocorriam no trajeto e no fim dele”, disse o delegado.

A princípio, conforme o delegado, apenas a menina de 8 anos era abusada. O irmão dela, na maioria das vezes, estava dormindo no banco do enquanto o motorista praticava os abusos. “Ele [o motorista] fez o uso do direito de ficar em silêncio [no depoimento] e não relatou nada sobre os fatos, disse que vai falar somente em juízo”, completou Praisner.

A menina foi atendida por uma equipe de psicólogos e afirmou que os abusos ocorreram, pelo menos, cinco vezes. Ela também passará por exames de corpo de delito. Para o delegado, o laudo psicológico emitido pelos profissionais é ‘verídico’.

A Polícia Civil abriu a investigação e deve ouvir outras crianças e pessoas que tinham ligação com o transporte dos alunos. O motorista foi autuado por estupro de vulnerável e foi encaminhado para a Cadeia Pública de Barra do Bugres.


Fonte: G1 MT

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.