Após matar e degolar enteado em Juína, homem manda recado pelo whatsApp para família

Teste de Espaço de Anúncio
Foto: Divulgação

Informações preliminares, apontam que, Jazonias Araújo dos Santos em posse de uma faca matou degolado seu enteado Cristian Marques da Silva, 17 enquanto dormia e ainda tentou contra a vida do irmão de 15 anos um adolescente especial, que foi socorrido a tempo e encontra-se na Unidade de Pronto Atendimento.

Segundo familiares o crime foi motivado por ciúme e vingança contra sua convivente a mãe das vítimas, que encontrava em Cuiabá acompanhando um familiar em tratamento de saúde na UTI vítima de afogamento.  Jazonias teria ligado a ela pedindo para que viesse embora se não algo de ruim iria acontecer na casa dela e assim o fez.

O que vem chamando a atenção em particular nesse crime são os áudios via aplicativo whatsApp enviado pelo suspeito relatando sobre o ocorrido a um tio dos meninos.

Acompanhe parte dos áudios:

- “Eu tô sem jeito de falar pra você. Você vai ter que ir lá na “Lu” agora. Avisar pra ela ... que infelizmente aconteceu uma coisa aqui com o Cristian, ela vai ter que descer amanhã pra cá, e você vai ter que trazer ela, e você vai ter que saber falar com ela. Viu? Ele morreu! Mataram ele.” Em seguida, o padrasto fala que vai fazer a correria e está indo na UPA.

Recebido áudio, o tio das vítimas entrou em contato em Juína com Danilo Marques da Silva, irmão dos meninos que foi até a residência e conseguiu socorrer a tempo o irmão mais novo que estava com um corte na garganta e cabeça e levou para o hospital. Já Cristian, foi encontrado morto com perfurações na garganta em um dos quarto da casa.

A arma do crime não foi localizada pela polícia, após o crime o suspeito, que não tinha um bom relacionamento com as vítimas fugiu da residência numa bicicleta.


A Polícia Civil está em diligências para prender o suspeito.


  • Fonte: Juína News

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.