Notícias Gerais

Audiência pública deixa claro: os Correios não dão prejuízos ao governo

Notícias Relacionadas

Estudo mostra superávit e derruba a “necessidade de privatização” pra conter prejuízos

 Um estudo apresentado pelo pesquisador da Universidade de São Paulo, Igor Venceslau Freitas, durante audiência pública na ALMT, nesta segunda-feira (18), comprova: a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) “não dá prejuízos ao país como tenta provar o governo federal” que já anuncia a necessidade de privatização sob a justificativa de contenção de despesas.


Segundo a União, nos últimos dois anos a ECT teria acumulado dívidas da ordem de R$ 4 bi por conta da diminuição das remessas de mensagens postais, seu principal negócio. A causa seria a popularização internet. Para Igor Freitas, “tudo não passa de falácias”. Com o surgimento da Internet o número de postagens aumentou devido ao comércio eletrônico, o que teria elevando a receita da ECT.

“Em 2001, os Correios transportaram cerca de 3 bilhões de objetos postais, hoje movimentam 8,3 bi por ano. Uma carta simples custa, hoje, cerca de R$ 5 por envio, enquanto um objeto de pequeno volume, via PAC ou Sedex, sai em média R$ 30. Isso mostra que não há prejuízos. Portanto, se existem erros esses são provocados pela má administração”, disse o pesquisador que publicou o estudo como tese de mestrado.

Freitas rebateu a necessidade de privatização. “Países como a Argentina e o Reino Unido venderam ‘os Correios’ para iniciativa privada e já começaram o processo de reestatização. EUA e China, que permitem empresas privadas neste nicho de mercado, mantem o controle estatal do setor porque conhecem os prejuízos sociais da privatização: empresas escolhem onde atuar desassistindo localidades com menor potencial financeiro. No Brasil, os Correios cumprem função de integração nacional já que cobrem todo o território, inclusive localidades mais pobres. Privatizar a empresa é desassistir a população mais pobre.” “O problema financeiro dos Correios é administrativo.”

A tese foi aplaudida por sindicalistas e servidores presentes à audiência que foi requerida pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT). De acordo com Edilson Pereira Nery, presidente da Associação Nacional dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos,  “a verdade é que os prejuízos apontados pela direção dos correios são oriundos do provisionamento de pós-emprego, cerca de 60%. Um custo que, segundo eles, deveria ser guardado para possíveis gastos com saúde e previdência privada, uma manobra contável que precisa ser explicada pelos gestores”.

Edmar dos Santos Leite, presidente do sindicato dos trabalhadores da ECT, foi mais longe. “Nosso fundo de pensão, o Postalis, foi arrombado. Nós, servidores, estamos pagando uma taxa de 20% sobre os salários para tentar salvá-lo. Portanto, a justificava dos gestores não convence. Estamos pagamos um prejuízo que não causamos e o governo vem falar em falta de receita, em necessidade de privatização. Isso não cola! Não aceitamos a precarização dos Correios tampouco a privatização.”

Os trabalhadores dos Correios receberam apoio de outras categorias profissionais, como bancários, telefônicos e servidores do Detran-MT. “Se for preciso ir pra ruas contra a privatização e em apoio aos servidores podem contar conosco”, disse uma representante dos servidores do Detran-MT lembrando que a categoria “é de luta e não aceita a diminuição de direitos”. Prova disso, “é que os servidores estão em greve pela reposição das perdas salariais”.

Outro lado - O superintendente da ECT, Edilson Francisco da Silva, que representou o presidente Guilherme Campos, rebateu os argumentos. Disse que A ECT acumula prejuízos por perdas em seu negócio principal ao longo dos anos e com o custeio, por exemplo, do plano de saúde dos servidores. “Pagamos 92% do custo com a saúde enquanto outras empresas públicas tem uma participação na casa dos 50%. Além disso, gastamos muito com a manutenção de agências de pouco fluxo de clientes. Em cidades onde isso ocorre faremos fusão de agências”, disse Edilson para rebater a informação de fechamento de várias unidades sem explicar quais agências terão as atividades encerradas.

Resultados da audiência - O deputado federal Ságuas Moraes (PT) fez o compromisso de levar as reivindicações dos trabalhadores para o Congresso. “Sabemos que querem privatizar a Casa da Moeda, o Banco do Brasil e os Correios. Vamos lutar até o fim para evitar o desmantelamento das empresas públicas do Brasil. Privatizar é tirar direitos do povo e isso não podemos permitir. Podem contar com meu apoio”.

O primeiro secretário da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Dilemário Alencar (Pros), se comprometeu a realizar uma audiência pública para também discutir o tema no parlamento municipal. “Faço os compromissos de realizar audiência na Câmara e de buscar o apoio de todos os vereadores em um abaixo assinado para que o sindicato dos trabalhadores dos Correios o encaminhe junto a outros documentos contra a privatização aos gestores da empresa e ao governo federal. Temos que formar uma frente única de apoio aos Correios e contra a privatização.”

Na audiência ficou definida a formação de uma frente ampla formada por sindicalistas, trabalhadores, deputados e vereadores para lutar contra a privatização da ECT, fechamento de agências e pela garantia de direitos dos trabalhadores.

“Os servidores dos Correios têm todo o meu apoio nesta luta. Não podemos aceitar o desmonte das instituições e empresas públicas, muito menos a perda de direitos trabalhistas como quer este ilegítimo e temeroso presidente da república. Vamos lutar juntos pela manutenção dos Correios e pela valorização da categoria. Nenhum direito a menos. Firme!”, assim o deputado Valdir Barranco encerrou a audiência.

Robson Fraga / Assessoria de Gabinete



Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

OUTUBRO ROSA & NOVEMBRO AZUL

OUTUBRO ROSA & NOVEMBRO AZUL
Nova Guarita Dia 30 de Outubro a partir das 19:30 horas no Pavilhão Comunitário

Agora em Nova Guarita você pode contar com Restaurante e Lanchonete Iza,

Agora em Nova Guarita você pode contar com Restaurante e Lanchonete Iza,
Restaurante e Lanchonete Iza, almoço com self-service, prato feito, prato por peso e todas as noites servindo lanches, pastéis e porções, as sextas feiras, espetinhos, sábado rodízio de caldos, e nos domingos almoço com rodízio de churrasco! Também temos sorveteria ao lado, com barcas de açaí, açaí na tigela e sorvetes em geral. Venha saborear as delicias do mais novo restaurante da Cidade, você não vai se arrepender! Ingredientes selecionados, amor no preparo e ótimo atendimento você só encontra aqui.

Sitio 3R. Grande produção de abacaxi no município de Nova Guarita

Sitio 3R. Grande produção de abacaxi no município de Nova Guarita
Nova Guarita, no sitio da família hoje conta-se com uma grande plantio tanto de melancia como de abacaxi. O plantio de abacaxi tem hoje em torno de dez mil pés pronto para colheita, quem se interessa compra em atacado ou varejo pode ligar no fone: 66984385460.

salão Studio mulher

salão Studio mulher
Studio mulher salão de beleza sempre cuidando da sua beleza Cortes feminino e masculino, química progressiva definitiva colagem hidratação e cauterização manicure e pé de Curi. E para você gestante ou crianças trabalhamos com a escova orgânica. Venha nos fazer uma visita E também com representação o boticário natura Avon e importados. O salão Studio mulher fica localizado NA Avenida dos migrante cento nº 911 Nova Guarita-MT

Panificadora e Confeitaria Doce Mania

Panificadora e Confeitaria Doce Mania
Quem conhece não discute. A Panificadora e Confeitaria Doce Mania é a melhor para sua clientela. Café da manhã, pães, bolos, doces, pizza pronta de vários sabores, todos os dias. Seja qual for o seu apetite, a padaria e confeitaria Doce Mania sempre tem algo para satisfazê-lo. Avenida dos migrantes centro Nova Guarita. Telefone: 66 3574 1141

TRIBOS BARTENDER

TRIBOS  BARTENDER
Leve um diferencial para sua festa de casamento, aniversário, formatura, debutante, eventos em geral surpreenda seus convidados com coquetéis e drinks diferenciados.

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT
Entre em contato conosco e faça o seu orçamento, nosso lema é alicerçar sonhos e construir realidade. Não deixe pra depois, ligue agora mesmo (66)9624-0718 ou 8425-0106, nós temos os melhores produtos e serviços que você precisa para a sua obra

Jaykison S. Oliveira

Jaykison S. Oliveira
Agora você pode contar Jaykison S. Oliveira Contabilidade & informática: Travessa dos Parecis, 85, Setor Norte, Centro, Colider/MT Tel.: (66) 3541-468. Cel..: (66) 9614-9776 “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”Chico Xavier

SILKA ATESANATO DE CONCRETO

SILKA ATESANATO DE CONCRETO
Em Nova Guarita, a empresa SILKA ARTEFATOS de CONCRETO, trabalha na Fabricação de produtos de concreto; na SILKA você encontra Ofertas incríveis de Vaso para flores, Tanque De Lavar Roupa. Cochos de confinamentos para gado, comedouros e bebedouros para animais, postes padrão de energia e redes de rebaixamento, tubos de metro, de 60, 40 cm, palanques, e postinhos de cimento para cerca, calçada sextavada de várias formas e tamanhos, também prestação serviços com munck... Venha para a Silka, garantimos os melhores preços da região nos faça uma visita e traga o seu orçamento; O endereço fica na Rua das Orquídeas em Nova Guarita MT. FONE: 66 8433-8278- 9691-9728.

CONTAL CONTABILIDADE

CONTAL CONTABILIDADE
Escrita Contábil, Fiscal e Trabalhista de empresas. Escrita Fiscal para Produtor Rural. Contratos e Declarações Fiscais. Contabilidade em Geral. Fone (66) 3574 1204/ 8412 3230

Bom negocio vende-se uma Moto Kasinski

Bom negocio vende-se uma Moto  Kasinski
Vende-se uma Moto Kasinski 250 CL GPR Original 13000 mil km. Ano 2011 modelo 2011 ligar para falar com Paulo Dill de morais na oficina JP Avenida dos migrante em frente a paróquia santo Antonio Nova Guarita MT Fone 66 84292984 / 66 96643103/6684358757

Faz Facil

Faz Facil
Avenida dos Migrantes centro Nova Guarita MT
Construtora Santo
Construtora Santo
Century
Century
Mecânica
Mecânica
Copyright © NG - Notícias de Nova Guarita
Nova Guarita - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização

Tenha um site!