Polícia localiza arma possivelmente utilizada para matar funcionário de companhia elétrica em Paranaíta

Teste de Espaço de Anúncio
Vítima: Gilmar Francisco de Oliveira

Uma espingarda calibre 12 foi localizada pela Polícia Civil em um região de mata, nas proximidades da residência em que o eletricista de distribuição da Energisa, Gilmar Francisco de Oliveira, foi assassinado com um tiro, na altura do tórax, em Paranaíta ( 54 Km de Alta Floresta), na última segunda-feira. As informações foram confirmadas pelo investigador Danilo Berseli.
“Gilmar estava religando a energia do imóvel e foi surpreendido pelos disparos. As investigações apontam que ele havia cumprido uma determinação de corte da energia pela manhã. No período da tarde, ele voltou para religar e acabou sendo vitimado. Ontem, encontramos uma espingarda possivelmente utilizada pelo acusado para cometer o crime. Ela será encaminhada para perícia analisar se realmente foi utilizada no crime”.
Ainda de acordo com o investigador, é negociada a apresentação espontânea do acusado. “Estamos mantendo contato com à família. Porém, não há expectativa  que ele se entregue espontaneamente para esclarecer a motivação e responder criminalmente pelo assassinato”.
O corpo do eletricista foi velado na câmara de vereadores e foi sepultado no cemitério de Paranaíta, ontem à tarde. Gilmar era casado e tinha um filho.
A companhia elétrica informou que está de luto em memória do colaborador Gilmar Francisco de Oliveira, que faleceu durante o exercício de suas atividades. A empresa lamentou profundamente o ocorrido, e está prestando todo o apoio à família dele, assim como nas investigações policiais.
Só Notícias/Cleber Romero

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.