Mãe de crianças encontradas na rua durante a madrugada pode perder a guarda delas

Teste de Espaço de Anúncio
No dia do corrido os irmãos foram encontradas por volta de 1h, chorando e procurando pela mãe.
A conselheira tutelar Irene Maria da Silva, informou que o menino de 2 e a menina de 4 anos, que foram encontrados perambulando pelas ruas durante a madrugada da última sexta-feira, em Alta Floresta, foram entregues para a mãe, que pode até perder a guarda das crianças caso haja reincidência. “Após serem encontradas as crianças foram levadas para uma casa de apoio, onde ficaram sob os cuidados do conselho. Depois de realizado todo o procedimento que a situação exige, devolvemos as crianças para a mãe, que foi orientada, assinou um termo de responsabilidade e vai receber visitas e acompanhamento da rede técnica, Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Caso ela volte a reincidir, pode até perder os direitos como mãe”, declarou Irene.
Segundo a conselheira, o procedimento em casos como esse é “ouvir as crianças, investigar se sofrem maus tratos ou negligência, saber se a mãe já havia deixado elas sozinhas antes. Depois, a mãe é ouvida, orientada das consequências que a situação pode trazer. Nós ouvimos as crianças, mas como são muito pequenas é difícil avaliar pelo que elas dizem. Conversamos com a mãe e percebemos que foi um caso isolado, que as crianças não corriam risco em ficar com ela, por isso foram devolvidas”.

No dia do corrido os irmãos foram encontradas por volta de 1h, chorando e procurando pela mãe. Eles foram encaminhados ao Conselho Tutelar. Algum tempo depois, a mulher compareceu ao Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) contando que deixou os filhos sozinhos para ir até a farmácia comprar um remédio. Um boletim de ocorrência foi registrado e a mulher foi encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos.
Só Noticias/Débora Lobo

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.