Notícias Gerais

Igreja investigada em MG controla sexo no casamento e monitora conversas entre fiéis, diz ex-integrante

Notícias Relacionadas

Foto de 29 de março mostra integrantes da Word of Faith Fellowship (Associação Palavra da Fé), em São Joaquim de Bicas, em Minas Gerais  (Foto: Silvia Izquierdo/ AP)
Foto de 29 de março mostra integrantes da Word of Faith Fellowship (Associação Palavra da Fé), em São Joaquim de Bicas, em Minas Gerais (Foto: Silvia Izquierdo/ AP)
O G1 entrevistou uma mulher que deixou a instituição há nove anos, mas ainda sofre com as lembranças da igreja; instituição é investigada pelo Ministério Público de Minas desde 2009.
As lembranças das restrições impostas pela Igreja Ministério Verbo Vivo, em São Joaquim de Bicas, ainda causam sofrimento a uma ex-integrante, entrevistada nesta quinta-feira (27) pelo G1. Conversas não são permitidas sem um observador. Os casamentos são arranjados entre membros. O sexo entre casados tem que ser autorizado pela instituição. A mulher, que pediu para não ser identificada, ainda tem medo da igreja mesmo depois de sua saída, há nove anos.
Reportagens da agência de notícias Associated Press denunciaram que a igreja Word of Faith Fellowship, Associação da Palavra da Fé, em português, submeteu 16 brasileiros a trabalho escravo. As histórias vieram à tona em uma investigação sobre a instituição, sediada na Carolina do Norte, nos Estados Unidos.
Em Minas Gerais, a filial da instituição norte-americana é a Igreja Ministério Verbo Vivo, investigada pelo Ministério Público Estadual desde 2009. Em setembro daquele ano, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) promoveu audiências para ouvir vítimas que denunciaram agressões físicas e psicológicas a membros e estudantes de uma escola mantida pela entidade. Esta mulher participou de uma das audiências e consta como uma das vítimas nos documentos que deputados entregaram à Justiça.
O G1 tenta contato com a Igreja Ministério Verbo Vivo desde a última terça-feira (25), mas nenhuma ligação foi atendida.
A mulher, que hoje passa dos 70 anos, chora durante toda a entrevista exclusiva ao G1. As lembranças ainda são fortes e ela não consegue conversar sobre a Verbo Vivo sem se emocionar.
“Aquele lugar é um verdadeiro inferno. A gente sofreu muito lá”.
A ex-integrante conta que conheceu a Igreja Verbo Vivo em Belo Horizonte, antes de a instituição, originada nos Estados Unidos, estabelecer uma filial em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana da capital mineira.
“A gente gostava da igreja, gostava quando os americanos vinham, dos louvores, a gente achava tudo maravilhoso”.
A mulher conta que um pastor norte-americano comprou uma fazenda em Betim, também na Grande BH, e a dividiu em lotes. Esses terrenos foram vendidos para fiéis por R$ 35 mil cada um, mas nenhuma escritura foi entregue.
A igreja impõe muitas restrições, segundo a ex-integrante. Entre os “pecados” considerados pela instituição estão andar com as mãos nos bolsos, assistir à televisão, ouvir rádio, frequentar cinema, academia ou clube, beber guaraná porque a cor da bebida se assemelha à cerveja e participar de festas, mesmo em família.
“Eu fiquei 17 anos sem ver televisão, sem ouvir rádio, sem ter contato com a minha família. Meu pai morreu e eu não pude ir no enterro”.
Sobre a rotina rígida exigida pela Verbo Vivo, a mulher se lembra das obrigações. “Tinha que dar dízimo, era obrigada a ir no bazar, era obrigada a ir nos cultos de segunda a segunda. Não podia fazer nada. Se você fosse no médico, você tinha que ir alguém com você."
"Eu sempre fui rebelde. Eu ia no médico escondido. Porque eu queria tomar guaraná, e era proibido”.
'Quarto do diabo'
Esta mulher se lembra de um episódio em que sofreu difamação e foi levada para uma reunião com pastores em um cômodo onde eram feitas as “correções”. Ela chamou o lugar de “quarto do diabo”.
A ex-integrante conta que foi levada para este lugar, onde estavam lideranças da igreja, porque uma outra fiel tinha dito que ela havia conversado particularmente com outro membro, o que é proibido. A princípio, os líderes não deixaram que a filha a acompanhasse na reunião, mas a jovem "entrou na marra", conforme descreveu a mulher. Duas das lideranças que participaram desta "correção" eram médicos.
Ela conta que a pastora falava apontando o dedo na cara dela, chamando-a de fofoqueira. Ela começou a passar mal e foi atendida pelos médicos presentes. A filha dela, então, fez ameaças e disse que se alguma coisa acontecesse à mãe, ela iria denunciar todo mundo. Um dos médicos se recusou a continuar o interrogatório e disse a uma outra médica, segundo a ex-integrante, “olha, eu estou fora, se essa senhora morrer, a culpada é você. Eu não assino o atestado”.
No dia seguinte à confusão, o pastor norte-americano a procurou e disse que ela precisava pedir perdão diante da igreja. “Aí eu peguei e xinguei ele todo. Falei com ele ‘você vai pro inferno com a sua igreja que eu nunca mais volto aí. Nem eu nem minha filha. Nunca mais vamos voltar aí. Vai pro inferno. Você veio pra cá só para destruir famílias, destruir famílias e tomar o dinheiro dos outros’. Agora diz que ele tem uma mansão aqui. A igreja está vazia”, relembra.
“A gente tinha muito medo porque eles falavam que se a gente saísse da igreja, que o mundo estava podre, que meus filhos e meus netos iam pras drogas, pra prostituição. A gente tinha medo, muito medo”
Maus-tratos
Apesar de nunca ter visto maus-tratos, a mulher conta que presenciou, em 2009, depoimentos de vítimas de abusos e violência na audiência pública realizada pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
“Nunca vi [cenas de maus-tratos] porque era escondido. Mas no dia da audiência pública lá, as crianças que já não eram mais crianças contaram tudo. Aí é que eu ouvi coisas assim, muito pesadas. Eles faziam tudo escondido e não podia contar pra ninguém”.
Ela diz que algumas pessoas que estavam na audiência relataram que, quando crianças, apanharam dentro da igreja. De acordo com a Comissão de Direitos Humanos, que acompanhou os depoimentos, vítimas disseram que era usada uma vara para bater nas crianças.
A mulher, que tem parentes e conhecidos ainda na congregação, conta que tem medo e diz que não pode falar mais detalhes sobre o que ouviu.
A vida fora da Igreja Verbo Vivo
Sobre a vida após a saída da Verbo Vivo, a mulher chora e fala da tristeza de ainda ter parentes na igreja.
“É muito triste porque a gente sente abandonada. A gente sente, assim, um lixo porque todo mundo gelou a gente. Já pensou você perder uma filha? Netos? Eu adorava eles. Fui perder tudo. Meu marido teve um AVC, teve câncer de próstata, não visitam, não procuram, não fazem nada. Então, você sofre o dia inteiro. A gente não pode ter contato”.
“Saímos debaixo de muita praga, muita maldição. Quando nós saímos eles falaram que a gente foi pra prostituição. Mas graças a Deus minha filha estudou, formou”.
Perguntada sobre se ainda tem esperanças de que as coisas que aconteciam dentro da igreja sejam reveladas, ela responde que é um sonho.
“É o meu sonho. A gente torce muito pelas pessoas boas lá. Muitas velhinhas, muitas pessoas que não sabem nada o que acontece. Eles não podem conversar e, se contar, eles não acreditam. Você pode falar com eles que eles não acreditam. (...) Se você chegar perto de qualquer um, falam que [a igreja] é uma maravilha. Eles são 'tudo lavado', lavagem cerebral”.

SÃO JOAQUIM DE BICAS

Por Pedro Ângelo, G1 MG, Belo Horizonte


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Atenção Nova Guarita, foi inaugurada a mais nova loja da cidade a Vitoria Magazzine.

Atenção Nova Guarita, foi inaugurada a mais nova loja da cidade a Vitoria Magazzine.
Você que quer comprar barato, é na Vitoria Magazzine que você vai encontrar peças de R$ 20.00 e 25.00 R$, moda masculina, feminina, adulto e infantil. Portanto, quer se vestir bem pagando pouco e vestindo-se com qualidade e bom gosto, vá até a Vitoria Magazzine. A Magazzine fica localizada na Avenida dos migrantes em frete o conselho tutelar, centro de Nova Guarita MT. Informações: fone WhatsApp: (65)999296690 e (65)996150239 falar com Neia ou Gil.

Vidronova vidros e decorações

Vidronova vidros e decorações
Nova Guarita fone: 98467 3121:

XI FESCABG

XI FESCABG
Em Nova Guarita M,T

Agora em Nova Guarita você pode contar com Restaurante e Lanchonete Iza,

Agora em Nova Guarita você pode contar com Restaurante e Lanchonete Iza,
Restaurante e Lanchonete Iza, almoço com self-service, prato feito, prato por peso e todas as noites servindo lanches, pastéis e porções, as sextas feiras, espetinhos, sábado rodízio de caldos, e nos domingos almoço com rodízio de churrasco! Também temos sorveteria ao lado, com barcas de açaí, açaí na tigela e sorvetes em geral. Venha saborear as delicias do mais novo restaurante da Cidade, você não vai se arrepender! Ingredientes selecionados, amor no preparo e ótimo atendimento você só encontra aqui.

salão Studio mulher

salão Studio mulher
Studio mulher salão de beleza sempre cuidando da sua beleza Cortes feminino e masculino, química progressiva definitiva colagem hidratação e cauterização manicure e pé de Curi. E para você gestante ou crianças trabalhamos com a escova orgânica. Venha nos fazer uma visita E também com representação o boticário natura Avon e importados. O salão Studio mulher fica localizado NA Avenida dos migrante cento nº 911 Nova Guarita-MT

Panificadora e Confeitaria Doce Mania

Panificadora e Confeitaria Doce Mania
Quem conhece não discute. A Panificadora e Confeitaria Doce Mania é a melhor para sua clientela. Café da manhã, pães, bolos, doces, pizza pronta de vários sabores, todos os dias. Seja qual for o seu apetite, a padaria e confeitaria Doce Mania sempre tem algo para satisfazê-lo. Avenida dos migrantes centro Nova Guarita. Telefone: 66 3574 1141

TRIBOS BARTENDER

TRIBOS  BARTENDER
Leve um diferencial para sua festa de casamento, aniversário, formatura, debutante, eventos em geral surpreenda seus convidados com coquetéis e drinks diferenciados.

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT
Entre em contato conosco e faça o seu orçamento, nosso lema é alicerçar sonhos e construir realidade. Não deixe pra depois, ligue agora mesmo (66)9624-0718 ou 8425-0106, nós temos os melhores produtos e serviços que você precisa para a sua obra

Jaykison S. Oliveira

Jaykison S. Oliveira
Agora você pode contar Jaykison S. Oliveira Contabilidade & informática: Travessa dos Parecis, 85, Setor Norte, Centro, Colider/MT Tel.: (66) 3541-468. Cel..: (66) 9614-9776 “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”Chico Xavier

SILKA ATESANATO DE CONCRETO

SILKA ATESANATO DE CONCRETO
Em Nova Guarita, a empresa SILKA ARTEFATOS de CONCRETO, trabalha na Fabricação de produtos de concreto; na SILKA você encontra Ofertas incríveis de Vaso para flores, Tanque De Lavar Roupa. Cochos de confinamentos para gado, comedouros e bebedouros para animais, postes padrão de energia e redes de rebaixamento, tubos de metro, de 60, 40 cm, palanques, e postinhos de cimento para cerca, calçada sextavada de várias formas e tamanhos, também prestação serviços com munck... Venha para a Silka, garantimos os melhores preços da região nos faça uma visita e traga o seu orçamento; O endereço fica na Rua das Orquídeas em Nova Guarita MT. FONE: 66 8433-8278- 9691-9728.

CONTAL CONTABILIDADE

CONTAL CONTABILIDADE
Escrita Contábil, Fiscal e Trabalhista de empresas. Escrita Fiscal para Produtor Rural. Contratos e Declarações Fiscais. Contabilidade em Geral. Fone (66) 3574 1204/ 8412 3230

Bom negocio vende-se uma Moto Kasinski

Bom negocio vende-se uma Moto  Kasinski
Vende-se uma Moto Kasinski 250 CL GPR Original 13000 mil km. Ano 2011 modelo 2011 ligar para falar com Paulo Dill de morais na oficina JP Avenida dos migrante em frente a paróquia santo Antonio Nova Guarita MT Fone 66 84292984 / 66 96643103/6684358757

Faz Facil

Faz Facil
Avenida dos Migrantes centro Nova Guarita MT
Construtora Santo
Construtora Santo
Century
Century
Mecânica
Mecânica
Copyright © NG - Notícias de Nova Guarita
Nova Guarita - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização

Tenha um site!