Notícias Gerais

Médico acusado de violência obstétrica após morte de bebê pode perder direito de exercer profissão

Notícias Relacionadas

Médico acusado de violência obstétrica após morte de bebê pode perder direito de exercer profissão

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) abriu sindicância para apurar a responsabilidade do médico Jarbes Balieiro Damasceno na morte de um recém-nascido, no Hospital São Luís, em Cáceres (280 km de Cuiabá). Ele é acusado pelo pai da criança, Roni Willian Cuiabano do Couto, de violência obstétrica durante o parto de sua esposa, Rosa Maria Martins, 27, no dia 29 de maio. Se comprovada a ação, o profissional, que já responde a processo por um caso semelhante, pode perder o direito de exercer a medicina.
De acordo com a presidente da entidade, Maria de Fátima de Carvalho Ferreira, a existência de uma denúncia feita pelo Ministério Público Estadual (MPE), pode agravar a situação de Jarbes. Na ocasião, ele teria sido negligente ao comparecer ao centro cirúrgico, para a realização de um parto cesariano, mais de uma hora depois de as enfermeiras constatarem que o feto apresentava batimentos cardíacos fracos. O caso foi registrado no ano de 2010, na mesma unidade de saúde.

Já o processo tramita desde 2011 com base no resultado da investigação policial, por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). “Ante as condições de sofrimento apresentadas pelo feto durante o trabalho de parto, negligenciou-se, nada fazendo para evitar o óbito do nascituro. Outrossim, o denunciado agiu com inobservância às regras técnicas de sua profissão, vez que é médico ginecologista, capacitado tecnicamente para realização de partos naturais e cesariana”, diz trecho da acusação oferecida pelo MPE.

Ao Olhar Direto, Maria de Fátima explica que, como o caso ganhou repercussão e chegou ao conhecimento da entidade, o procedimento foi instaurado mesmo sem o registro de uma denúncia por parte de Roni. Sendo assim, ele ainda será notificado e ouvido pelo CRM, assim como sua esposa, o médico e demais testemunhas. Na sequencia, se reunidos indícios suficientes, a sindicância culminará na abertura de um  processo, que terminará com o julgamento do médico.

“É um processo delicado e não pode ser feito as pressas. Vamos reunir documentos avaliar o prontuário e ouvir as partes, com a garantia do direito a ampla defesa. No final disso tudo, no julgamento, será decidido pela absolvição ou condenação do médico, levando em consideração todas as apenações atribuídas a ele, sendo a mais grave delas, a perda do direito de exercer a medicina”, explica a presidente do Conselho.

A filha de Roni e Rosa morreu na segunda-feira (5), uma semana após o parto.  Em boletim de ocorrência registrado junto à Polícia Civil do município, o pai relatou o caso de violência obstétrica. Segundo ele, Jarbes agiu com grosseria e estupidez com a mulher, alegando que ela seria “muito mole” e fazendo com que as enfermeiras apartassem sua barriga com muita força. Durante o procedimento o médico também teria afirmado que estava dormindo, não estando disponível para ninguém.


Rosa sofreu uma hemorragia e precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.  A administração da unidade informou que Jarbes já foi afastado de suas funções.
Olhar Direto
 André Garcia Santana


Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

NG Noticias

NG Noticias
Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Vidronova vidros e decorações

Vidronova vidros e decorações
Nova Guarita fone: 98467 3121:

salão Studio mulher

salão Studio mulher
Studio mulher salão de beleza sempre cuidando da sua beleza Cortes feminino e masculino, química progressiva definitiva colagem hidratação e cauterização manicure e pé de Curi. E para você gestante ou crianças trabalhamos com a escova orgânica. Venha nos fazer uma visita E também com representação o boticário natura Avon e importados. O salão Studio mulher fica localizado NA Avenida dos migrante cento nº 911 Nova Guarita-MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

Primeiro e maior portal de notícias de Nova Guarita - MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT

NOVATORRE CONSTRUÇÕES. Nova Guarita MT
Entre em contato conosco e faça o seu orçamento, nosso lema é alicerçar sonhos e construir realidade. Não deixe pra depois, ligue agora mesmo (66)9624-0718 ou 8425-0106, nós temos os melhores produtos e serviços que você precisa para a sua obra

Jaykison S. Oliveira

Jaykison S. Oliveira
Agora você pode contar Jaykison S. Oliveira Contabilidade & informática: Travessa dos Parecis, 85, Setor Norte, Centro, Colider/MT Tel.: (66) 3541-468. Cel..: (66) 9614-9776 “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”Chico Xavier

SILKA ATESANATO DE CONCRETO

SILKA ATESANATO DE CONCRETO
Em Nova Guarita, a empresa SILKA ARTEFATOS de CONCRETO, trabalha na Fabricação de produtos de concreto; na SILKA você encontra Ofertas incríveis de Vaso para flores, Tanque De Lavar Roupa. Cochos de confinamentos para gado, comedouros e bebedouros para animais, postes padrão de energia e redes de rebaixamento, tubos de metro, de 60, 40 cm, palanques, e postinhos de cimento para cerca, calçada sextavada de várias formas e tamanhos, também prestação serviços com munck... Venha para a Silka, garantimos os melhores preços da região nos faça uma visita e traga o seu orçamento; O endereço fica na Rua das Orquídeas em Nova Guarita MT. FONE: 66 8433-8278- 9691-9728.

CONTAL CONTABILIDADE

CONTAL CONTABILIDADE
Escrita Contábil, Fiscal e Trabalhista de empresas. Escrita Fiscal para Produtor Rural. Contratos e Declarações Fiscais. Contabilidade em Geral. Fone (66) 3574 1204/ 8412 3230
Century
Century
Copyright © NG - Notícias de Nova Guarita
Nova Guarita - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização

Tenha um site!