Anvisa proíbe produto para calvície e remédio para tratamento de cravos e espinhas

Teste de Espaço de Anúncio
A agência destaca que existem medicamentos no Brasil com a substância Minoxidil em sua formulação com registro válido na agência e vendido em farmácias.
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a distribuição, divulgação, venda e uso do produto Rogaine (Minoxidil) por não possuir nenhum registro sanitário na agência reguladora. A venda ilegal do produto, indicado para calvície, ocorre por meios eletrônicos.

 A Anvisa destaca que existem medicamentos no Brasil com a substância Minoxidil em sua formulação com registro válido na agência e vendido em farmácias. “Se você tem esse problema, procure um médico para receber o tratamento adequado com um produto aprovado no país”, afirma a Anvisa.

 A Agência também proibiu a fabricação e a distribuição do medicamento Acnezil 5% Gel (peróxido de benzoíla) por não se enquadrar como gel ou loção, em desacordo com resolução da agência. O produto é fabricado pela empresa Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.

 24 HORAS NEWS

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.