Operação conjunta combate pedágio e prende 9 indígenas na BR-070

Operação aconteceu na tarde desta terça-feira 
Operação integrada com as forças de segurança coibiu a ação de indígenas que vinham cobrando pedágio dos motoristas com a prisão de 9 pessoas. As cobranças vinham ocorrendo com freqüência, em pontos da rodovia federal BR-070, entre as cidades de General Carneiro e Primavera do Leste (442 a leste e 231 km ao sul respectivamente).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Barra do Garças, conduziu Operação integrada, juntamente com a Polícia Civil, através do GARRA, Polícia Federal (PF) e Força Tática da Polícia Militar.
O objetivo é de coibir ação e prender indígenas que vem extorquindo motoristas que transitam pela rodovia federal. Além da prisão de 9 indígenas, foram apreendidas motocicletas e dinheiro extorquido de motoristas.

Armas artesanais como arcos, flechas e demais apetrechos que eram utilizados para intimidar os motoristas para que pagassem pelo direito de continuar sua viagem também foram apreendidos. Segundo informações da PRF, em apenas um pedágio os indígenas arrecadaram a quantia de R$ 3,2 mil.

Por meio da ação conjunta, as Forças Policiais mostraram a presença do Estado e atenderam o anseio da sociedade que utiliza aquela importante rodovia, sendo inclusive aplaudidos pelos usuários da via, informou a assessoria.


Em manifestação recente, o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Mato Grosso (Sindmat), ameaçou suspender o transporte de cargas para a região, em decorrência da insegurança que os pedágios vinham trazendo para os motoristas, que se sentiam coagidos e ameaçados.
Divulgação PRF
Nove indígenas presos, além de dinheiro e motos apreendidas






Silvana Ribas, repórter do GD

Nenhum comentário:

Todos os recados postados neste mural são de inteira responsabilidade do autor, os recados que não estiverem de acordo com as normas de éticas serão vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros.

Tecnologia do Blogger.